CURRICULUM

Formação:

2016 – Pós Graduação em Lightning Designer - Designer e Tecnologia na Faculdade Belas Artes

2010-2012 Graduação em Artes Visuais na FPA-SP

2008-2009 – Curso de Linguagem e Composição Fotográfica ministrado pelo professor e fotógrafo Carlos Moreira

2006 – Curso Intensivo de Cinema e Fotografia na AIC (Academia Internacional de Cinema-SP) e como trabalho de conclusão a direção do curta-metragem "Mais uma vez..." e elaboração do roteiro "Tempos Modernos", filmados no mesmo ano.

2005 – Curso de Iluminação para TV e Vídeo no SENAC-SP

2000-2005 – Assistente do iluminador Wagner Pinto

1998-2000 – Graduação em História na PUC-SP

 

 

Projetos de Iluminação arquitetural:

1998-2000 – Projetos luminotécnicos para LaLampe Iluminação

2010 - "Container.”

 

 

Espetáculos Teatrais:

2000-2005 – Assistente do iluminador Wagner Pinto em diversos trabalhos teatrais: Gerald Thomas ("Deus Ex-maquina"); Élcio Nogueira ("Jardim das Cerejeiras"); Hugo Possolo ("Pantagruel"); Domingos de Oliveira ("A Casa dos Budas Ditosos", com Fernanda Torres); Cleber Papa (Festival de Ópera de Belém-PA, "Carmen" e "Lohengrin" no Teatro Municipal de São Paulo)

 

2003-2007 – "Terça Insana", Grace Gianoukas

 

2005-2009 – "Do que Orlando me Disse" (com Paula Picarelli), Georgette Fadel; "Um Circo de Rins e Fígados" (com Marco Nanini); "Asfaltaram a Terra", Gerald Thomas; “Love and Blembers”, Georgette Fadel; “Como me Tornei Estúpido”, Cia Estúpida, Beth Lopes;  “Idiota no País dos Absurdos”, Domindos Nunez; “Um Segundo e Meio” (com Marcello Airoldi), Antonio Januzelli; “A Noite do Barqueiro”, Samir Yasbek; “Orinoco”, Dagoberto Feliz; “Fantástico Reparador de Feridas” (com Walter Breda, Rubens Caribé e Mariana Muniz), Domingos Nunez; “Teatro para Pássaros”, Roberto Lage; “A Mulher que Matou os Peixes”, Fernando Anhê, “Fedra’s Love”, Ricardo Gali

 

2010 – “A Serpente no Jardim” (com Lavínia Pannunzio e Cristina Cavalcanti), Alexandre Tenório (contemplado pelo Prêmio do Festival Cultura Inglesa); “A Dócil” (com Dagoberto Feliz e Patrícia Guifford), Pedro Mantovani,com o grupo Galpão do Folias; “Noturnos” (com Maria Manoela, Jidú Pinheiro, Regina França), Mário Bortolotto

 

2011 - "O Anjo de Pedra",(com Rosana Maris, João Acaibe, Bri Fiocca e outros), Inês Aranha; "Serpente Verde, Sabor Maçã", Lavínia Panunzzio; "Balangangueri", Domingos Nunez.

 

2012 - "A saga musical de Cecília…", Danilo Grangheia com o grupo Galpão do Folias. "Identidade", Vinícius Piedade. "The Pillowman", Dagoberto Feliz e Bruno Guida. "Um Verão Familiar", Eric Lenate. "Odisséia", Marco Antonio Rodrigues. "Credores", Nelson Baskeville. "A Máquina de Escrever Reticências…", Beth Lopes.

 

2013 - "As estrelas cadentes do meu céu são feitas de bombas do inimigo", Nelson Baskerville com a Cia. Provisório Definitivo. "Crianças da Noite", Marco Antonio Rodrigues. "Fora de Mim", Francisco Ramalho (com Lavinia Panunzzio e Maria Manuela). "Dançando em Lúnassa", Domingos Nunes com Cia. Ludens. "La Mamma", Carlos Arthur Thiré com Rosi Campos, Leonado Miggiorin e outros. "Covil da Beleza", Lavínia Pannunzio. "Carta ao Pai", Denise Stoklos. "Avental Todo Sujo de Ovo", Bruno Guida. "Bem Vindo, Estranho", Murilo Pasta, (com Regina Duarte).

 

2014 - "Bull", Flavio Tolezani e Eduardo Muniz, Tucarena. "Jantar", Mauro Batista Vedia no CCBB. "Retratos e Canções", Renato Andrade, Teatro Augusta. "Não se brinca com o amor", Teatro Aliança Francesa, Anne Kessler (Comédie Française). "Fausto", Cia. São Jorge de Variedades, Georgette Fadel e Claudia Schapira. "Três Mulheres Baixas”, Lavínia Pannunzio.

 

2015 - “Ludwig e suas irmãs”, Eric Lenate, em cartaz CCSP. “Fim de Partida”, Eric Lenate, Festival Cultura Inglesa. “Mantenha Fora do Alcance do Bebê”, Eric Lenate, texto Silvia Gomez, CCSP.”Fala Comigo Antes da Bomba Cair”, Carla Candiotto. “In Extremis”, Bruno Guida. “Até que deus é um ventilador de teto”, Pedro Granato, Sesc Pompéia. “Em Abrigo”, Johana Albuquerque, texto de Fernando Aveiro. “Vendo Gritos e Palavras - Um Recital”, Denise Stoklos.

 

2016 - “Chet Baker - Apenas um sopro”, José Roberto Jardim. “Cabras: Cabeças que voam cabeças que rolam”, Maria Thaís (Cia Balagan). “Sonata Fantasma Bandeirante”, Francisco Carlos, com Alessandra Negrini. “Vermelho Labirinto”, Diogo Granato. “As Ondas ou Uma Autópsia”, Gabriel Miziara. “Playground”, Marco Antônio Pâmio. “A Dor”, Vanessa Bruno. “O Avesso do Claustro”, Cia do Tijolo. “O Teste de Turing”, Eric Lenate. “Término do Amor”, Janaina Suaudeau. “Godspell, o Musical”, Dagoberto Feliz. “As Duas Mortes de Roger Casement”, Domingos Nunez.

2017 - "Não Somos Amigas", Maria Maya. "Refluxo", Eric Lenate. 

 

Espetáculos de Dança:

2007 – Festival de Dança do CCSP (Centro Cultural São Paulo), criação de luz para o espetáculo de dança-teatro “Gira”, direção de Estelamare dos Santos;

2008 – “Cinco Peles do Samba, Sala de Estar”, Cia. Arquitetura do Movimento, Andrea Jabour

2009 – “Fronteiras Móveis”, Adriana Grechi - Núcleo Artérias; “Olhar Oblíquo” e “De.gelo”, Cia. Maurício de Oliveira e Siameses

2010 – “Imanência”, Isabela Santana (Prêmio Klauz Viana); “Banksy Bang”, Ricardo Gali e Nathalia Catharina (com Cia. Perversos Polimorfos)

2011 - "Ânsia", Ricardo Gali e Nathalia Catharina (com Cia. Perversos Polimorfos) - indicado ao Prêmio Bravo de Melhor espetáculo de Dança.

2012 - "Nigredo", Maurício de Oliveira - ganhador do Prêmio Bravo de Melhor espetáculo de Dança.

2013 - "Toro Negro", Débora Dubois. " Imagem-Nua e Outros Contos", Ricardo Gali com a Cia. Perversos Polimorfos.

2014 - "Movimento para um homem só", Ricardo Gali. com Cia. Perversos Polimorfos.

2015 - “Buraco Negro”, Lua Tatit. “Degelo”, Maurício de Oliveira.

2016 - “This is Not About Me”, Gabriel Tolgyesi. “Rubedo”, Maurício de Oliveira.

2017 - "Shine", Ricardo Gali. Cia. Perversos Polimorfos. "Fados e Outros Afins", Direção Maria Thaís, com Mariana Muniz.

 

Espetáculos musicais e concertos:

2008 – Concerto encenado “Sheherazade”, Cia. Imago, direção cênica de Fernando Anhê, regência de Jamil Maluf no Teatro Municipal de São Paulo

2010 – " Banda Hamlet", Danilo Grangeia

2015 - “ SoloWorks”, Dudu Tsuda

 

Participação em Festivais:

2002 – Festival Internacional de Teatro (Porto / Portugal)Festival Internacional de Teatro (Porto / Portugal), Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, “Esperando Beckett”, Gerald Thomas

2003 – Festival Internacional de Teatro de Curitiba

2004 – Festival Internacional de Teatro de Córdoba Argentina); 2002 - Festival Internacional de Teatro do Porto (Porto / Portugal);

2008 - Festival Internacional de Dança, (Dusseldorf, Alemanha)

2012 - Festival Queer Zagreb (Zagreb, Croácia)

2014 - Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas - Mirada

2016 - Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas - Mirada

            Festival Danzénica - Danza Contemporânea - Santa Cruz e La Paz, Bolívia.

 

Performance:

2014 - “Performa Paço - Combinações”, curadoria Paula Garcia e Corrine Fitzpatrick. “TABULEIRO - Um ou mais pretextos poéticos”, com Edith Derdyk, Lua Tatit, Dudu Tsuda e Rodrigo Gontijo

 

 

Instalação Artística:

2015 - “Etéreos Caminhos - Ethereal Pathway”, instalação artística de luz, Paço das Artes - espaço subsolo, criado para a ocupação da Cia. Perversos Polimorfos.

 

 

 

Iluminação para gravação de DVDs:

2001 – "Bacantes" e "Ham-Let", José Celso Martinez Corrêa

2003 – “Terça Insana”, produzido pela gravadora Trama

 

 

Exposições:

2012 - "Hoje tem espetáculo" no Centro de Memória do Circo na galeria Olido. Exposição permanente do acervo.

 

 

Prêmios:

2013 - Indicação ao Prêmio Shell em Iluminação com o espetáculo "As estrelas cadentes do meu céu são feitas de bombas do inimigo".

2015 - Indicação ao Prêmio Shell em iluminação pelo espetáculo Ludwig e suas irmãs. Indicação ao prêmio Aplauso Brasil pelo espetáculo Mantenha fora do alcance do bebê

2016 - Indicação ao Prêmio Shell em iluminação pelo espetáculo “Cabras, cabeça que voam, cabeças que rolam”.

  • w-tbird

Siga-me no Twitter

  • w-flickr

Siga-me no Flicker